Ligue:

(11)2272-0140

(11)2272-0148

Endereço: 

Rua da Mina Central, nº38

CEP:04235460 -  Heliópolis SP 

DOE AGORA

Siga a gente 

© 2019 - UNAS Heliópolis e Região

Todos os Direitos Reservados 

Movimento Fé e Política de Heliópolis organiza seminário sobre alienação

Em 12 de maio, o Movimento de Fé e Política de Heliópolis e região promoveu uma roda de conversa sobre a alienação, reunindo 65 pessoas para debater a temática, com base na leitura da obra A Elite do Atraso, de Jessé de Souza. O movimento conta com a assessoria do Padre Bernardo, que tem experiência de organização de trabalhadores e fomento à formação de lideranças em fábricas. “Temos como objetivo estimular a reflexão política, social, cultural e sobre os acontecimentos da atual conjuntura, utilizando como metodologia o ‘ver, julgar e agir’. Nesta primeira etapa, foi a metodologia ‘ver’. A partir do estudo do livro A Elite do Atraso, um pequeno grupo passou a refletir sobre isso, e surgiu a importância de fazer bate-papo e dialogar mais sobre que tipo de alienação temos hoje e o que é alienação. Entendemos, então, que seria importante dividir a temática em alienação cultural, política, social e religiosa”, explica Mércia Ribeiro, do Movimento de Mulheres de Heliópolis e Região.

A abertura foi realizada com a exibição do vídeo “A imprensa praticamente perdeu o sentido”, de Jorge Furtado, por se entender que os meios de comunicação podem se constituir como forma de alienar as pessoas. “A partir desse vídeo, fizemos grupos de 13 pessoas, e após a devolutiva dos grupos apresentamos outro vídeo, de um pastor Batista que faz reflexão a partir do olhar do cristão, independente de qual religião a pessoa é, mostrando qual é a manobra social que vivemos hoje pela existência de uma elite que é contra toda forma de partilha de renda, toda forma de inclusão social”, complementa Mércia.

 

Juliana Silva de Jesus, coordenadora do Movimento Fé e Política de Heliópolis, também participou da atividade, considerada o primeiro seminário do movimento. “Separamos em 4 eixos, a alienação política, social, cultural e religiosa. Em cada um dos eixos, a pergunta norteadora foi o que é essa alienação e como ela se manifesta hoje em dia. O grupo que mediei, da alienação social, foi muito interessante, falamos bastante sobre a alienação da mídia e do consumismo. O próximo seminário será em agosto, o ‘julgar’, e o seguinte será em novembro, o ‘agir’. Nosso objetivo é ter um Estado laico, entendemos que a fé e a política estão relacionadas”, conta Juliana.

Também participou da formação a Priscila Guzella, que faz parte do administrativo da UNAS. “Passamos pelo menos dois meses planejando essa atividade. Optamos por realizar uma roda de conversa, pois queríamos que as pessoas falassem o que entendem por alienação. Elas foram bastante participativas. As pessoas puderam falar, isso é importante, pois assim conseguimos crescer”, afirma.

 

O movimento não é fechado, todas/os interessadas/os podem participar. “Temos uma comissão de formação que se reúne para discutir e uma juventude comprometida com a gente. Queremos fomentar a reflexão sobre a política social e econômica do pais”, completa Mércia.

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

A UNAS é eleita a melhor ONG do Brasil na categoria Desenvolvimento Local

August 8, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo