Em Heliópolis, 86% da população relata se sentir deprimida na pandemia

Não é tarefa fácil investigar uma questão tão subjetiva e complexa. Mas o Observatório De Olho na Quebrada assumiu esse desafio pelo fato da saúde mental ser tão determinante para a vida das pessoas. Durante a pandemia, os problemas relacionados a este tema ficaram ainda mais evidentes: um amigo, um familiar, um conhecido que “não está bem”. Não é só em Heliópolis que esta situação tomou uma grande proporção. A própria OMS (Organização Mundial da Saúde) alertou para o impacto da pandemia na saúde mental das pessoas. Entre os meses de Junho e Agosto o Observatório De Olho Na Quebrada desenvolveu uma análise quantitativa e qualitativa sobre o impacto da pandemia na Saúde Mental em Heliópolis.

84% dos artistas de Heliópolis tiveram impactos em seu trabalho devido à pandemia

Não existem dados oficiais sobre os avanços e os impactos da pandemia em Heliópolis, bem como nas outras favelas da Cidade de São Paulo. Isso dificulta a definição de estratégias e políticas para o combate à Covid-19 nesses territórios. Frente a falta de informações e dados públicos, estamos por meio do Observatório De Olho Na Quebrada, realizando uma série de pesquisas. Aqui apresentamos os impactos da pandemia nos trabalhadores da cultura. A pesquisa foi realizada via formulário online, respeitando as orientações de isolamento social. 50 trabalhadores da cultura que atuam em Heliópolis responderam a pesquisa entre os meses de junho e julho. Chamamos de trabalhadores da cultura: artistas, p

Costureiras de Heliópolis estão gerando renda e ajudando na prevenção à Covid-19

Desde Abril deste ano o Projeto Heróis Usam Máscara já produziu 174 mil máscaras de pano que foram distribuídas aos moradores de Heliópolis e comunidades do entorno, o projeto é uma ação conjunta de Bradesco, Itaú e Santander, com concepção do Instituto BEI. Em Heliópolis o projeto acontece em parceria com a UNAS, que reuniu costureiras da própria comunidade para produção das máscaras e vem realizando ações de entrega do item de proteção pelas ruas da comunidade. "Montamos uma verdadeira operação de salvar vidas" diz Cleide - Presidenta da UNAS "De repente parou tudo por causa da pandemia, então eu já estava entrando em desespero e deprimida". relata Antonia Pereira de 53 anos. Antonia mora

Post em Destaque
Posts do semestre
Últimas notícias

Ligue:

(11)2272-0140

(11)2272-0148

Endereço: 

Rua da Mina Central, nº 38

CEP:04235460 -  Heliópolis SP 

DOE AGORA

Siga a gente 

© 2020 - UNAS Heliópolis e Região

Todos os Direitos Reservados