top of page
  • UNAS Heliópolis

UNAS recebe imersão de Grupo de Trabalho sobre a primeira infância

Na última terça-feira (6), a UNAS recebeu a visita de uma delegação composta por representantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável do Governo Federal, do Secretário Municipal de Educação da Cidade de São Paulo e ativistas da educação que vieram à Heliópolis conhecer de perto as ações e a incidência do trabalho realizado pela UNAS na primeira infância.



“O governo Federal reinstalou o “conselhão” e um dos principais objetivos é promover a aproximação com a sociedade civil, O Grupo de trabalho de primeira infância não poderia escolher local melhor para fazer essa imersão. A UNAS tem experiências incríveis através dos seus projetos sociais e educacionais no desenvolvimento das crianças de 0 a 6 anos, e vivenciar isso na prática vai contribuir muito para nortear no relatório final de aconselhamento para uma política de primeira infância. ” Conta Nicolau Beltrão, assessor da Secretária de Ralações Institucionais do Governo Federal.



A visita a UNAS é parte da imersão do GT Primeira Infância, que está visitando experiências e práticas pedagógicas pelo país para construção de uma Política Nacional Integrada pela Primeira Infância. Esteve a pauta em Heliópolis o trabalho realizado nos 17 Centros de Educação Infantil administrados pela UNAS em convênio com a Secretaria Municipal de Educação, o conceito de Bairro Educador, que integra projetos sociais, equipamentos públicos e a comunidade, além de um olhar para a rede de proteção, apresentando iniciativas de garantia de direitos, prevenção e acompanhamento de violências na primeira infância.



Para Priscila Cruz, Presidenta e Co-Fundadora do Todos pela Educação e também membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Social e Sustentável do Governo Federal a visita foi extremamente importante para dialogar com os desafios e soluções que ocorrem nos territórios. “A troca com as organizações sociais é fundamental, principalmente aquelas que realizam um trabalho tão importante e consistente como a UNAS. É na troca com as organizações e movimentos sociais que nós temos contato com a realidade das crianças, entendendo quais são os contextos e as situações que elas vivem junto com suas famílias. Uma política criada pelo governo federal para atender a primeira infância precisa responder aos desafios que as crianças vivem no território. Além disso, a gente aprende muito com as soluções criadas pela própria comunidade, a UNAS, por exemplo, tem muito a nos ensinar sobre o cuidado na Primeira Infância e isso pode e deve inspirar as ações dos governos.”



A UNAS acredita no trabalho coletivo e reafirma seu compromisso de juntas e juntos contribuir para uma educação libertadora, cidadã, que nos ajude a construir um país mais democrático e justo. “Foi uma experiência muito significativa para nós enquanto UNAS, pois, por acompanhar nossos CEIS pedagogicamente, estávamos ali com um grupo potente, com pessoas do Brasil todo que representam e que contribuem com a educação do nosso país e participamos para além de aprender, mas também compartilhar nossa experiência com pessoas que atuam na educação e que também constroem a primeira infância no Brasil. Poder mergulhar no universo que é a Cidade de São Paulo, despertou inúmeros insights sobre o nosso trabalho aqui na UNAS. Primeiro porque conhecer os avanços e os protocolos que a SME vem fazendo, os desafios por um trabalho intersetorial, foi possível observar que enquanto organização da sociedade civil estamos no caminho certo por uma educação de qualidade, pois entendemos e praticamos uma educação que transcende os muros da escola, que realiza a gestão democrática de forma dialógica nas equipes, na participação das famílias, na escuta ativa, com as ações afirmativas, na alimentação saudável, nas questões socioambientais, formações continuadas, nos projetos que atuamos contra violência de crianças, adolescentes e de gênero, tudo isso dialogando no trabalho em rede com o território, isso é o Bairro Educador vivo. Conta Claudia Cruz Soares, da equipe de acompanhamento pedagógico da UNAS, que ressalta ainda “Temos muitas coisas boas e lindas, nossa ação é na base para garantir o direito das nossas crianças de estarem em um ambiente seguro, que contribua para que elas se desenvolvam integralmente. Essas imersões demonstram que a corresponsabilização para a Política Nacional da primeira infância está sendo costurada a várias mãos e nós estamos aqui fazendo parte nessa grande e linda colcha de retalhos.”

 

 

237 visualizações

Comments


Posts Recentes
Arquivo
bottom of page