top of page
  • Escrito por Gustavo Pinto | Edição Douglas Cavalcante

Solidariedade é estar presente na vida de quem mais precisa

Campanha da UNAS busca presentear 5 mil crianças e adolescentes que participam dos projetos sociais da organização


No mês das crianças a UNAS reforça seu comprometimento para com as crianças e adolescentes atendidos, compromisso esse que reflete o trabalho realizado há 45 anos, respeitando a autonomia, a responsabilidade e acima de tudo o afeto. Aproveitamos para reiterar a importância de uma campanha anual que transforma os finais de ano de mais de cinco mil crianças, a Sacolinha Solidária é mais que uma doação, é estar presente na vida de quem mais precisa.


A campanha deste ano iniciou-se em setembro e tem como objetivo presentear 5 mil crianças e adolescentes atendidas pelos projetos da organização. Gerando inúmeras sensações na pessoa que possibilita essa alegria por meio da doação, tão bem traduzida nos lindos sorrisos de quem a recebe, mas para quem ainda não sabe do que se trata, a UNAS por meio de doações ajuda todas essas crianças com uma Sacolinha Solidária, onde nela vem um conjunto completo de roupas novas e um brinquedo novo, já para os mais velhos é entregue um Vale-Presente no valor de $100,00 reais.


Ver a felicidade estampada no rosto de uma criança é uma das melhores sensações do mundo e ainda mais, quando você é o responsável por tamanha alegria, um pequeno gesto pode ser capaz de grandes transformações e realizações, já que para muitas famílias se não tivessem essa ajuda não teriam como vestir seus filhos com roupas novas nem comprar brinquedos novos, Eliane Aparecida Nunes da Silva, de 30 anos tem três filhos nos CCAs - Centros para Crianças e Adolescentes da UNAS e contou que “como a gente não tem condições, a sacolinha vem para auxiliar e ajuda mesmo. Vem coisas maravilhosas, meus filhos ficam super alegres quando falam da sacolinha se não fosse isso, ia ser bem difícil. A gente cata reciclável então não sei como ia ser, eu já fui uma criança atendida no CCA então eu sei a felicidade de receber uma sacolinha”.

Uma campanha grande como essa não se trata somente de presentear uma criança com roupas e brinquedos, é muito maior que isso, é afundo revelar que aquele jovem é importante e precisa ter seus direitos garantidos, como o direito de brincar, vestir e o direito de escolha (no caso dos vale-presentes), a nossa organização não olha para esses jovens como carentes, mas sim como potências, reconhecemos suas dificuldades individuais mas aqui olhamos para o futuro, “é uma ajuda muito grande, já teve final de ano que passei por um momento bem difícil então ajuda muito, quando chega o presente meus filhos se empolgam já começam a querer adivinhar o que vem dentro, pra mim o mais importante é a roupa mais pra eles os brinquedos fazem os olhos brilharem, na pandemia eles ganharam umas motinhas e fizeram uma festa em casa. Mas pra mim o projeto traz alegria para a criança e ajudam os pais e não é questão de precisar ou não, é sobre dar alegria para as nossas crianças” disse Aline Souza Oliveira de 30 anos mãe de cinco filhos que já passaram por um CEI, mas alguns hoje estão já no EMEI.

Muitas das crianças que recebem a Sacolinha ou o Vale-presente não são mais atendidos em nossos projetos, são chamadas de vínculos, esses jovens por mais que tenham encerrado seu vínculo direto com o projeto mantém uma ligação indireta, ainda participam de atividades mesmo que não diariamente, Aline ainda completou que “Tenho filhos que não são mais do projeto mas ganham mesmo assim, aqui tem os vínculos da ActionAid e meus filhos ganham por conta desse vínculo”.


A solidariedade se multiplica por diversas mãos, e por esse motivo convidamos todas e todos para somar forças nessa linda campanha, você que quer ajudar poderá transformar a vida de alguém e acima de tudo poderá garantir com que o jovem que receber sua ajuda tenha a certeza que não está só, e para cada um que recebe esse ato de solidariedade é um momento único, muitos deles não esquecem e ficam a maior parte do ano ansiosos para o que vem Victor Gomes de Oliveira é um jovem atendido no CCA Imperador e revelou que “Eu gostei que veio um tênis, pena que meu pé já cresceu mas eu usei até quando pude, eu sempre fico esperando um tênis é o que eu mais gosto e sempre fico na expectativa de ter um na minha Sacolinha”.

Para você que quer participar existem duas maneiras para você apadrinhar uma Sacolinha Solidária, você pode ir até um dos nossos projetos e retirar a sacolinha com as informações da criança que será presenteada, ou pode fazer sua doação em dinheiro através do Vale-Presente. A cada R$100,00 reais doados, você está garantindo um vale-presente para a compra de roupas. O valor fica disponível para uso da criança e do adolescente, venha você também ser o motivo do sorriso de quem precisa.




289 visualizações

Comments


Posts Recentes
Arquivo
bottom of page