top of page
  • Escrito por Wallace França | Editor Douglas Cavalcante

Cozinha Comunitária é inaugurada pela UNAS possibilitando a distribuição de alimentação gratuita

Hoje (19) a UNAS Heliópolis e Região com apoio da Habitat para Humanidade em parceria com a Prefeitura de São Paulo, inaugurou a Cozinha Comunitária Dilza Maria Dias, um importante espaço de combate à insegurança alimentar e a fome. Na mesma ocasião foi celebrado uma grande parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Nutricional de São Paulo, na composição da Cozinha no Programa Rede Cozinha Escola, a iniciativa prevê a distribuição de 400 refeições por dia durante o almoço no período de segunda a sábado para população da Maior Favela de São Paulo.

Essa iniciativa de criar uma cozinha que estivesse à disposição dos moradores de Heliópolis é um sonho antigo e se faz necessário quando colocamos em perspectiva o agravamento severo dos índices da fome e da insegurança alimentar enfrentados pela população brasileira, principalmente periférica, ao longo do triste período pandêmico e também após o seu término. Solanje Agda, liderança comunitária que acompanha de perto a situação de crianças e famílias que passam por essa situação, destaca o quanto foi esperado a criação desse projeto e como isso vai refletir na vida dessas pessoas. “A gente sempre pensou em uma cozinha comunitária aqui para Heliópolis e na pandemia isso ficou ainda mais forte pela alta vulnerabilidade dos moradores que já estavam passando fome, sem ter o que comer. As pessoas iam na minha casa, me encontravam na rua e me pediam uma cesta básica e até o gás de cozinha para suprir a necessidade da família e até hoje isso acontece. Agora com o projeto, eu já posso indicá-lo por que a comida estará pronta e a disposição de quem mais necessita, se tornando uma preocupação a menos no sentido de saber que aquelas pessoas vão garantir uma refeição completa e de qualidade todos os dias”.

Muitas famílias ainda enfrentam essa situação, justamente pela ausência de renda fixa, o desemprego e a falta de políticas públicas voltadas ao combate à fome. Historicamente o território escolhido para sediar a Cozinha Escola, é um marco da luta popular que se organizou para reduzir e combater essas grandes dificuldades. Antonia Cleide Alves, presidenta da UNAS, com um sorriso no rosto e extremamente empolgada, conta como o dia de hoje é significativo para toda organização e para comunidade. “Esse espaço aqui onde a Cozinha Escola foi montada é bem importante para UNAS por que foi aqui nessa rua que a luta se fortaleceu mesmo, onde a gente sentou junto e idealizou criar uma organização que estivesse junto com as pessoas. E esse espaço aqui também ganhou o nome em homenagem a Dilza Maria Dias, uma lutadora de toda essa história e que fez a diferença aqui no território, a nossa Neguinha da UNAS. Estou muito feliz com tudo isso e principalmente com a possibilidade de gerar mais empregos aqui na UNAS. Hoje celebramos muitas vitórias a partir de muita resistência”.


O Projeto só foi possível sair do campo da necessidade e do papel a partir da colaboração e união de muitos atores dos diversos setores da sociedade para que a luta contra a fome pudesse ganhar forma e força. Com a presença do Secretário Executivo Carlos Fernandes, foi possível evidenciar a importância do Estado nesse processo. “Vamos fazer esse trabalho juntos: poder público, sociedade civil e as pessoas da comunidade, é assim que a gente vai mudar essa situação. Esse projeto tem uma característica inovadora, a Prefeitura de São Paulo está apontando recursos para a organização fazer o melhor possível para comunidade, tendo um tempero especial ali."

A grande homenageada do dia marcou presença com grande parte da sua família que acompanhou de perto sua trajetória de luta assim como diversos companheiros de trabalho que estiveram presentes na inauguração, criando uma esfera de muita familiaridade, acolhida e fraternidade. “Estou muito emocionada desde do dia que a Cleide me falou que o espaço da cozinha teria o meu nome, eu de verdade adorei. O evento aqui de inauguração está muito bacana e é muito gratificante saber que 400 famílias com diversas necessidades vão poder, na hora do almoço, saber onde poderão comer. O caminho que a UNAS trilhou foi muito importante pois sabemos que tem muitas pessoas que não tem o que comer e que agora vai ter por que a UNAS enxerga muito além, olhando para realidade do povo”.

A alimentação quanto se faz presente no prato do povo se transforma em alegria e afeto, tanto para quem se alimenta como também para quem os prepara. A cozinheira do projeto Maria Damasceno de Santana, tem vasta experiência onde passou por diversos projetos da UNAS e com propriedade e satisfação em alimentar crianças e adolescentes, hoje ressignifica mais uma vez o dom de alimentar pessoas. “Eu sou cozinheira a mais de 20 anos e aqui na UNAS já passei por muitos projetos podendo fazer aquilo que eu amo que é cozinhar com amor e muita dedicação. O sentimento aqui hoje foi muito bom, trabalhar nessa nova cozinha foi maravilhoso e gratificante junto com toda essa equipe nesse novo desafio. Graças a Deus estou aqui com muita garra e coragem para atender toda comunidade. Eu posso falar que estou muito feliz pela acolhida de toda equipe e de todos aqui da UNAS sabendo que esse trabalho está fazendo a diferença na vida de tantas pessoas".



591 visualizações

1 Comment


madonalau
Oct 21, 2023

E mais uma vez a UNAS pensando na sua comunidade com mais esse benefício aos necessitados, parabéns a todos 👏👏👏👏

Like
Posts Recentes
Arquivo
bottom of page