Projeto leva apoio à mulheres vítimas de violência

A violência contra mulheres no Brasil é uma triste e crescente realidade, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública a cada 2 minutos uma mulher é agredida no país. Para romper com esse ciclo de violência, a UNAS em parceria com a SMADS – Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, administram o Centro de Defesa e Convivência da Mulher - Sonia Maria Batista, projeto que oferece atendimento social, psicológico e jurídico às mulheres vítimas de violência.


“A partir do primeiro momento que eu cheguei aqui a minha vida mudou totalmente, eu cheguei fraca, uma mulher debilitada, e mal conseguia falar. Aqui eu tive o apoio psicológico e todo apoio que eu precisava. Minha vida mudou. Não só a Carina em si mudou, mudou tudo, a mulher, a mãe, a pessoa”. Relata Carine dos Santos, 33 anos que durante 12 anos viveu um relacionamento abusivo. Após anos de um ciclo de abusos, ela procurou ajuda e foi acolhida pela Casa Sonia Maria Batista, onde a três anos é acompanhada pela equipe.

Carine conseguiu romper do relacionamento abusivo que vivia, recuperou sua autoestima, começou a empreender e cuidar de si. Atualmente trabalha como doméstica e vende pães caseiros, fez cursos de capacitação profissional e tem o sonho de criar o “Cantinho da Ca” para que possa viver da revenda de suas produções culinárias.


Carine e outras milhares de mulheres precisaram de apoio para romper seus ciclos de violência. Você não está sozinha!


Precisa de apoio ou conhece alguém que está precisando de ajuda, entre em contato com o CDCM - Sonia Maria Batista.

Atendimento de Segunda-feira à Sexta-feira das 09h00 às 18h00, na Rua Ribeiro do Amaral, 136 - Ipiranga

Telefone (11) 3473-5569 ou Whastapp (11) 96260-2733



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo